terça-feira, maio 19, 2015

Dicas para destravar a conversação em inglês


Pratique a conversação em outra língua aproveitando todas as oportunidades comuns no dia a dia.

Quando você começa a estudar um idioma, é preciso praticá-lo para uma melhor aprendizagem. O caminho para se ter fluência é longo, tanto que para alguns o bloqueio para falar é um obstáculo difícil de ser superado. O idioma inglês, que é o mais procurado pelas pessoas que desejam aprender uma segunda língua, é fácil de ser praticado no nosso dia a dia, mas ainda assim existem muitos casos de estudantes que reclamam da dificuldade em por em prática o que acabaram de aprender em conversação.

Qual a saída neste caso? Como destravar as habilidades de conversação na língua inglesa? Conheça algumas atitudes para potencializar o estudo de idiomas e comece a praticar hoje mesmo o inglês no seu cotidiano:

         Não tenha medo de errar

Primeiramente, lembre-se de que você ainda está aprendendo a falar a língua, então é provável que erre. A autocrítica elevada é um dos fatores que limitam o aprendizado. Sem a exposição ao idioma, como desenvolver o que aprendeu? É necessário se expor a falar para praticar a língua e o erro se torna fundamental para o aprendizado. Você só vai aprender o idioma se começar a falar, errar é importante durante o seu processo de aprendizado, pois quando os erros são corrigidos, você não esquecerá mais.

         Aproveite as oportunidades e pratique!

Procure por pessoas que você tenha mais intimidade e que dominem o idioma para conversar em inglês. Essa é uma excelente maneira de ir se soltando, inclusive para as pessoas mais tímidas. As situações informais ajudam muito no aprendizado e praticar sozinho acaba não sendo tão proveitoso como conversar com um colega, por exemplo.

         Não sinta vergonha ao ser corrigido

Se você estiver falando com alguém em inglês, peça para que a pessoa te corrija no caso de cometer algum erro. Se você estiver no exterior e cometer um erro, por exemplo, saiba que o estrangeiro jamais vai te corrigir, a menos que você peça, pois do contrário seria uma grosseria por parte dele.

         Não se envergonhe do seu sotaque

Muitas pessoas, principalmente as mais tímidas, acabam se sentindo envergonhadas do sotaque forte e usam de desculpas para não falar. Não se deve ter vergonha por não ter a pronúncia de um nativo, afinal, você é brasileiro, lembre-se disso. É melhor transmitir a mensagem e ser compreendido do que ficar mudo, não acha?

         Pratique assistindo filmes e ouvindo músicas

Você pode praticar a fala assistindo filmes com legendas no idioma original e depois voltar a assistir sem legendas. Com isso você testará a sua capacidade de compreensão. A dica é começar com filmes de ação, pois as frases são mais curtas e objetivas.

Outra maneira de treinar a conversação em inglês é ouvindo música. A dica é escolher músicas que você gosta e então partir para a pesquisa das letras. Você vai perceber que as músicas te ajudarão muito e acrescentará ao seu vocabulário, porém, tenha em mente que a música se trata de uma poesia, então quem manda é a harmonia.

         Equilibre sua habilidade em leitura, compreensão, escrita e fala

Busque pelo equilíbrio na prática dessas quatro habilidades, onde a mais difícil é a conversação. Saiba que a leitura constante nos dá vocabulário e milhões de ideias de como conseguir se expressar, lembre-se de que ler e ouvir são coisas essenciais para destravar a fala.

Comece com textos adequados ao seu nível de aprendizado, vá aos poucos. Evite ficar traduzindo palavra por palavra, pois além de demorado e chato, as palavras possuem um significado cultural.

Com essas dicas você vai conseguir destravar a conversação em inglês. Pratique!


Por: Andreia Silveira, colaboradora do site: http://www.cursodeingles.net/

quinta-feira, outubro 16, 2014

Explicação sobre as TAG QUESTIONS



TAG QUESTIONS, EXPLICAÇÃO, EXEMPLOSO que são as tag questions? Recentemente apliquei uma prova com esse conteúdo e mesmo os alunos terem confirmado que tinham realmente compreendido o assunto, o resultado da prova não confirmou esta assertiva.
As tag questions são usadas no final das frases para confirmar algo que estamos dizendo. Ele funciona como o nosso, “não é?”, ou de forma mais abreviada, “né?”. Elas possuem pelo menos quatro características: (1) são colocadas no final da frase, separada por uma vírgula, (2) sempre são colocadas de forma oposta ao que foi dito no início, (3) o verbo sempre vem primeiro e só depois o sujeito, (4) o verbo final sempre deve ser o equivalente, ou o mesmo verbo usado no início. Vamos agora analisar cada um desses três pontos.


§1 São Colocadas no Final da Frase
Assim como o nosso “não é”, a qual colocamos no final das sentenças – e.g., “você vai, não é?” – o mesmo ocorre com as tag questions.

Ex.:1 You are coming, aren’t you?
Ex.:2 She speaks English, doesn’t she?
Ex.:3 Paulo bought this car, didn’t he?


§2 Sempre Colocadas de Forma Oposta
Para acentuar a confirmação do que você está perguntando, sempre tenha isto em mente: As tag questions são colocadas no final da frase de forma invertida ao que foi colocado no início, ou seja, se você usou a frase no início na negativa, no final tem que estar na afirmativa, se foi na afirmativa, deve terminar com negativa:

Ex.:1 You are tired, aren’t you?
Ex.:2 She doesn’t cook well, does she?
Ex.:3 Paulo slept all night, didn’t he?


§3 O Verbo Sempre Vem Antes do Sujeito
Na estrutura da frase, lembre-se que primeiro vem os verbos usados, ou seus equivalentes, e só depois o sujeito.

Ex.:1 You are my friend, aren’t you?
Ex.:2 She doesn’t cook well, does she?
Ex.:3 Paulo slept all night, didn’t he?


§4 O Verbo Final Deve Ser o Equivalente
Muitos alunos ficam sem saber qual verbo colocar no final da sentença. Ora, se for um aluno que presta atenção, terá observado que os verbos usados no final são ou os mesmos verbos usados no início, ou seus equivalentes.

Ex.:1 You are my friend, aren’t you?
Ex.:2 She can’t talk to me right now, can she?
Ex.:3 Paulo will travel tomorrow, won’t he?
Ex.:4 Paulo ate a lot last night, didn’t he?
Ex.:5 My mother cooks very well, doesn’t she?



Hope it helped...


sábado, agosto 09, 2014

Como Fazer Perguntas em Inglês?

Como Fazer Perguntas em Inglês?Como fazer perguntas em inglês? Basicamente do mesmo modo como fazemos em português. A diferença está no fato de que em inglês precisamos usar verbos auxiliares, ou mudar a ordem do verbo modal. Se quiser fazer perguntas no presente simples usasse o auxiliar “do”, ou “does”, no início da frase.

Do you speak English?
[Você fala inglês?]

Does she know me?
[Ela me conhece?]

OBS: Lembre-se que, quando fazemos perguntas, não usamos mais S no final dos verbos com HE, SHE e IT. Portanto, não existe does she knowS me?

O mesmo acontece quando estamos falando do passado simples. Nesse caso, usamos o auxiliar “did” no início das frases e não há exceção para HE, SHE e IT.

Did you go to the beach last weekend?
[Você foi à praia fim de semana passado?]

Did he say anything to you yesterday?
[Ele disse alguma coisa ontem?]

Se for usar verbos modais ou o verbo to be, eles não precisam de verbos auxiliares, agindo por eles mesmos. Nesse caso, basta colocá-los no início da frase.

Are you my friend?
[Você é meu amigo?]

Can you help me?
[Pode me ajudar?]

Will you travel next year?
[Você vai viajar próximo ano?]

Cf. Como Fazer perguntas com WILL